relato de monica kichler

Parto normal às 33 semanas, é possível?

Relato de Monica Kichler, paciente da Dra. Camile Motta

Minha gravidez foi bem tranquila, graças a Deus. Quase não tive enjoos, descobri quando estava com 7 semanas de gestação. Na primeira eco, claro, senti muuuuita emoção! Lá estava meu embrião, o tão sonhado, o tão esperado momento, pois nosso filho foi planejado com todo amor e carinho do mundo!

Cada ecografia uma nova emoção, mal saía de uma eu já estava pensando na próxima vez de ver meu bebê <3.

Com 16 semanas descobrimos o sexo… Gustavo estava a caminho!

Com 28 semanas descobrimos que tínhamos artéria umbilical única. No momento fiquei meio com receio… até que minha médica, Dra. Camile, explicou ser normal. Fizemos o ecocardiograma fetal e, como estava tudo certo com nosso bebê, não tínhamos com o que nos preocupar!

 

Dilatação com 33 semanas?

Completando 33 semanas de gestação acordei com uma cólica bem leve, mas que durou o dia todo, falei com a Dra Camile a noite que me pediu para ir ao hospital, e lá descobrimos 1 cm de dilatação. Não tinha contrações, fui medicada e repouso. No dia seguinte, minha médica me ligou para saber como estava. Como as cólicas não haviam passado ela pediu para me ver. Ao me examinar, descobrimos 4 cm de dilatação.

 

Gustavo vai chegar!

Daqui pra frente, só correria, pois não havia dado tempo nem de conhecer a maternidade, nem conversar com anestesista. Como meu bebe era prematuro, precisava de vaga de UTI neonatal, então fui encaminhada para o Nossa Senhora de Fátima, onde fui internada, medicada e também fiz exames.

À noite, a Dra. Camile refez o toque e mantinha os mesmos 4 cm de dilatação. Eu estava bem tranquila pois sabia que estava em ótimas mãos com minha médica sempre atenciosa. Quanto foi meia-noite e meia, as contrações foram aumentando, com pausas cada vez menores, acompanhei pelo meu celular, até que senti dores bem mais fortes. Às 2 da manhã chamei a médica de plantão que fez o toque e já estava com 9 de dilatação!

Não pensei duas vezes: liguei para minha médica e depois para meu marido que iria assistir o parto (eu estava acompanhada de minha mãe no momento).

Aquele misto de emoções tomou conta. Ansiedade de ver meu filho nos braços, nosso primeiro filho!

Então, já na sala de parto com minha médica, meu marido chegou e o momento mais importante das nossas vidas estava prestes a acontecer, o dia mais lindo. Pedi anestesia e dei a luz de parto normal como eu queria.

Gustavo nasceu dia 11 de setembro de 2015, às 4h40 da manhã, com 2.415 Kg e 47,5 cm. Nasceu com apgar 6 e em 5 minutos foi pra 9. Não pude ficar com ele em meus braços logo após o parto, pois ele precisou de oxigênio. Lágrimas escorriam… Até que escutei aquele chorinho, meu marido estava com ele e a Dra Camile Motta comigo, me dando toda assistência. A equipe médica foi super 10.

Como precisou ir para uti neo, só pude ver meu pequeno pela manhã. Nosso encontro foi lindo, comecei a conversar com ele e ele foi abrindo os olhos a minha procura, segurou meu dedo tão forte, e claro lágrimas de felicidade foram caindo… Quando peguei Gustavo em meus braços tive a infinita certeza de que não existe nada maior, melhor e mais verdadeiro que o amor de uma mãe para um filho!

relato monica kichler

Monica e Gustavo: amor incondicional!

 

Grupo Nascer

One thought on “Parto normal às 33 semanas – relato de Monica Kichler”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *